jump to navigation

Ano novo… 9 de Janeiro de 2010

Posted by thiagorogel in Enquanto isso.
trackback

ano novo não precisa acontecer a cada volta que a Terra dá ao redor do sol,
mas a cada batida de nosso coração.

O futuro não se concretiza pela simples cronologia do tempo,
mas na seqüência de nossas ações.

Cada gesto, palavra ou atitude que plantamos, gera conseqüências que colheremos cedo ou tarde.

Cada conseqüência colhida representa uma nova etapa de nossas vidas.

Quem desejar um Ano Novo que mereça este nome fuja do cinismo,
sepultura das palavras sem espírito.

Rejeite o ceticismo que asfixia os sonhos.

Abomine o rancor que regurgita ódios acumulados.

Despreze a avareza que paralisa a bondade.

Desdenhe da vaidade que transforma pessoas em ídolos.

Para que o ano seja realmente novo, queira mais sentir-se filho do que útil.

Acredite que é melhor ser amigo do que um herói de guerra;
e que dominar o espírito é melhor que conquistar uma cidade,
como ensina Provérbios 16.32.

Deseje agasalhar afetos genuínos, que são a única riqueza concreta.

Ambicione semear a verdade de Deus, promovendo a concórdia entre as pessoas.

Entregue-se a uma causa que exija um empenho maior que simplesmente sobreviver.

(Ricardo Gondim) via Blog Fora da zona de conforto

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s