jump to navigation

Os traumas se rendem diante o Seu amor 19 de Dezembro de 2011

Posted by thiagorogel in Vida.
trackback

Não são as marcas tão dignas de recordação
Não são as burradas marcas irremovíveis
Os traumas causados e gerados
O andar cansado de alguém que se culpa
O olhar parado de alguém que cansou de se enganar

Não é a maquiagem capaz de suavizar a expressão
O que o coração vive é expresso na face
Ainda que ímpetos emocionais tente causar dúvidas
Nada melhor que o silêncio
Que a consciência pelas manhãs

Alguém que não precisa se esconder
ou se enganar
Não precisa estímulos novos continuamente
e cada vez mais fortes
pra conseguir sorrir
pra sentir… “aquela sensação boa”
Quem busca contínuas sensações
será que não foge da realidade ?
será que não camufla com doses irreais ?
O que verdadeiramente precisa ser esvaziado
limpo,
para ser intensamente cheio da Vida dada por Deus.

Aos que se prenderam nas correntes do “já era”
Aos que se jogaram nas celas do “não tenho jeito”
E até para os que já prestaram o vestibulinho das oportunidades
frustrações e tentativas de mudar
E agora já não acredita mais
Porque carrega a realidade não tratada
E aceita como possível jamais ser perdoada.

Um desse homens ou mulheres
certo dia se lançou diante de Jesus
com angustia e lágrimas inconsoláveis
para muitos era o fim do poço
mas para Deus era o que faltava
rendição…

Aquela pessoa com olhos marejados
Dizia que era ser miserável
digno da justiça de Deus

E Jesus dizia que a amava mesmo assim
Que a perdoava
Que apagava tudo que ela tinha vivido
Porque ela acabara de reconhecer seus erros
Perdoava sua rebeldia
seu pecado não por ações moralmente erradas
mas principalmente por negar a Deus
por virar as costas para Ele
e pouco dar-lhe valor ou créditos

Jesus repete
Eu ainda te amo filho
Te aceito
Derramei meu sangue para que…
todos que as pessoas julgam inconsertáveis
Quando arrependidos eu os perdoo
Afinal eu morri por estas pessoas
Que em mim buscam perdão
reconciliação
Se alguém tem o direito de achar justo ou não
É quem as fez
E quem pagou o preço para viver eternamente com elas

Dou nova vida
novo caminho pra percorrer

Eu os aceito
os abraço
E de braços abertos em forma de cruz
lhes digo
Vá… viva… to contigo

você não precisa mais fazer nada pra agradar ninguém
Mas me faça sorrir com sua vida, seu amor
e sua devoção à verdade e a justiça

E assim Jesus ensina sobre Seu amor.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s