jump to navigation

No futuro… 5 de Setembro de 2013

Posted by thiagorogel in Escrito com a Alma.
trackback

no futuro
um(a) jovem em sua cama
deitado e seu pai sentado perto dele
lhe pergunta como era quando ele era criança
então o pai lhe contou um pouco…

Eu cresci na melhor comunidade do mundo
Meus pais desde bebe me levavam para a igreja Betel com eles
Lembro do berçário e da classinha,
Aprendíamos coisas que as crianças da escola não viviam
com a tia Sheila, Guiomar, tantas outras…
Era muito bom aprender sobre Deus e principalmente (risos) brincar com os filhos dos outros pais da igreja…
Crescemos juntos e lá formamos nossos melhores amigos.

Quando estávamos nos tornando adolescentes,
foi muito difícil.
Alguns não queriam largar aquela rotina de domingo.
Mas foi preciso…
Lembro que tivemos apoio e cuidaram de nós especialmente.
A tia Mirinha, o tio Naldinho… agradeço a Deus por cada sábado juntos.

Mas nesta fase muitos de nós tivemos que responder a Deus
Se de fato confiávamos nEle.
Bom poder ver praticamente todos até hoje na Betel.
Começamos a participar do grupo de jovens
E era bem diferente viu (risadas)
Eles eram bem mais velhos, muitos já trabalhavam

E nós estávamos em outra fase
Pensávamos que eles não sabiam o que estávamos vivendo
mas os agradeço porque eles foram o exemplo que precisávamos
para saber que é possível ser jovem e fazer Deus sorrir com sua vida
com suas escolhas
sabendo andar por aí
viver a vida
mas escolhendo Deus em tudo
escolhendo O agradar

Fomos questionados na fé
na disposição
em atitudes de amor ao próximo
em levar o evangelho adiante
aos nossos amigos
E usar nossa força (jovem) para a obra de Deus na Betel
E em outros lugares

Neste tempo
tinha um grande amigo que Deus começou a lhe mostrar
Que um dia ele seria um missionário
Que iria para outros países.
Depois de um tempo ele foi mesmo.

Daí em diante,
nesta igreja vivi os melhores e mais difíceis dias da minha vida.
Conheci então a sua mãe… (uma linda garota que amava muito a Deus)
Ali me casei e lembro como todos ficaram felizes.
Mas ali também lembro quando perdi seus avós.
QUando avisando a igreja e todos mostravam sua preocupação e seu amor
suas orações… (cada um da sua forma)
Não tem como não se sentir acolhido.
A sensação de pertencer, ser de algum lugar, fazer parte…
Dar de si e receber dos outros
dar amor e ser amado.

E os nossos pastores,
eram os melhores (risos – você me entende filho)
gostamos muito deles até hoje.
E são os mesmos sabia ?
Mas quando era mais novo
eles eram bemm mais jovens.
E eram muito alegres, brincalhões
mas muito preocupados e responsáveis com as coisas de Deus.
Sua familia era linda e pude acompanhar e ver seus filhos crescendo.

Hoje eles são a sabedoria e experiência desta igreja
Naquele tempo nem tínhamos pessoas mais velhas,
pastores ou presbíteros com tanta experiência assim…
Hoje seus filhos continuaram a obra que eles começaram
e os filhos dos seus filhos já nasceram…

Como é bom viver
no meio de uma galera que busca agradar a Deus de verdade.

filho, é melhor você já dormir…
Eu te conto mais amanhã a noite.

Nota:
Esta é uma história para ilustrar um pouco sobre a Igreja Evangélica Livre Betel. Não, não é um lugar perfeito. Mas é o lugar que Deus achou suficiente para se revelar a mim, para revelar o amor que Jesus tem por mim e me levar mais perto dEle. Acredito que muitos também pensam como eu e sentem-se como eu me sinto. Grato a Deus por cada um que mantém (ou um dia colaborou com sua vida) para a obra de Deus por meio da Betel se manter viva e firme.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s