jump to navigation

17 de Janeiro (Os Arrais) 29 de Setembro de 2013

Posted by thiagorogel in Louvores que também são poesias poderosas.
trackback

Eu olhei a tristeza nos olhos
E eu sorri
Mesmo quebrantado pela vida que escolhi
Da janela eu vi cada estação fugir

Como as árvores eu permaneço no mesmo lugar
No outono, no inverno, eu espero primavera chegar

Da estrada eu quis retornar para onde partir
Da distância avistei a alegria e a esperança
Das migalhas que desperdiçamos, faremos jantar
Eu voltaria atrás
Pra tentar me avisar

Que o caminho será escuro
Mas que Cristo é a luz do mundo
Deixe Ele te falar quem você é
Que a palavra te desfaça
Que te afogue em Sua graça
Só a cruz esconderá quem você não é

Eu olhei a tristeza nos olhos
E sorri

Nota:
Uma linda canção, dignamente denomino de poesia aqui. Não conhecia e meditando agora na letra, vi com símbolos e beleza e melodia uma bela canção.
Link da canção no youtube – Clique Aqui

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s